25/05/2009

Pronto, pareço a advogada do diabo

Espanta-me o regozijo com que alguns blogues expõem a peixeirada entre Manuela Moura Guedes e Marinho Pinto. No youtube o comentário mais repetido é o de que ele disse o que toda a gente pensa mas até agora ninguém teve coragem de lhe dizer. A ideia é sempre a de que o jornalismo da MMG é absolutamente execrável tal qual o seu Botox e o seu travestismo. Todos cospem na Manela. Como se a blogosfera tivesse alguma moral para o fazer. Há blogues e caixas de comentários onde as bocas e os lavares de roupa suja são bem piores que o jornal da sexta.
A Manela é a miúda de minissaia no autocarro para a qual todos olham mas que nenhum admite ter vontade de comer. Todos a olham perversamente mas todos bradam que ela devia enfiar uma saia que lhe tapasse os tornozelos. É isto o jornal da TVI. Todos vêem mas ninguém admite que vê. Todos repudiam o sensacionalismo porque não é politicamente correcto gostar de peixeirada mas no fundo todos têm ansiedade de barracada. Exige-se que a mulher seja mais contida, mais branda e que faça de conta que o primeiro-ministro não é corrupto, que certos documentos não existem, que este país não existe. E é assim que de repente, até o dono da casa de alterne é expert no código deontológico dos jornalistas.

2 comentários:

kin! disse...

clap, clap, clap, clap

Tu gostas é de mandar carapaus como este, e eu adoro comê-los com arroz malandrinho! Ahah!

I love you!!! :D

sandra disse...

DEixem a manela falar pah...ela é que os topa pah...malha neles manela ....ah e dps nao se eskeçam de dar a maioria ao pai magalhaes.....lolololol da-lhe manela...